Respostas

2014-03-14T00:14:58-03:00
Você deverá saber a localização do elemento na tabela periódica, por exemplo, o período e a família. Em seguida, você deverá saber quantos elétrons este elemento possui na camada de valência e se ele segue o octeto (ns2, np6;8 elétrons na camada de valência, configuração de um gás nobre) para adquirir estabilidade. Então, você deverá saber se este elemento é um metal ou ametal, pois, na maioria das vezes: a ligação entre um metal e um ametal é iônica(formação de cátions e ânions) e a ligação entre um ametal e um ametal é covalente(compartilhamento de elétrons). 
Geralmente, as pessoas costumam memorizar a valência dos elementos representativos, ou seja, os elementos da família A, que na sua distribuição eletrônica terminam nos orbitais s e p. Alguns utilizam frases bizarras para memorizar as famílias do grupo A, como: 1A: H(Hoje) Li (li) Na (na) K (karas) Rb (Roberto) Cs (Carlos) é Fr (Fresco) valência: ns1(todos esses elementos terão 1 elétron na camada de valência), enfim há uma infinidade de frases bizarras que já ouvi falarem... Mas a tabela periódica deve ser um material de consulta no ensino médio, aos poucos a pessoa se acostuma e vai criando um certa familiaridade com ela. 
Por exemplo, se eu souber que o Na é um metal, tem 1 elétron na camada de valência e tende a perder esse elétron para um ametal para adquirir estabilidade através do octeto, e que o Cl é um ametal, tem 7 elétrons na camada de valência e tende a ganhar um elétron para adquirir estabilidade através do octeto, eu saberei que eles farão uma ligação iônica e que formaram o NaCl. Se eu souber que o Fúor é um ametal, possui 7 elétrons na camada de valência e que a sua ligação com outro Flúor é covalente pois ametal+ametal=covalente, saberei que a ligação entre dois átomos de flúor formará o gás flúor F2. 

Espero ter ajudado! ;)