Tarefa

Foto de perfil do usuário Najua

Quais foram os pontos positivos e negativos do Criacionismo? E do evolucionismo?

Quais foram os pontos positivos e negativos do Criacionismo? E do evolucionismo? por Najua

Tem dúvidas sobre esta tarefa? Pergunte!

Peça mais detalhes ao usuário Najua

Respostas

Respostas

Foto de perfil do usuário falarodrigo
Falarodrigo respondeu
Prezada Najua,

Sua questão é bastante interessante.

O criacionismo consiste no conjunto de mitos de que Deus - ou deuses ou outros seres mitológicos, a depender da religião, do período histórico, do povo, e da cultura- criou(aram) o mundo e o homem do jeito que é hoje, sem alterações, pronto e em tempos recentes (para os padrões evolutivos, ou seja, há alguns milhares de anos, no máximo). Esses modos de explicar o mundo foram, especialmente, inventados  há centenas ou milhares de anos, período no qual a humanidade ainda não apresentava conhecimento suficiente e nem a tecnologia necessária para encontrar uma resposta mais adequada quanto ao estudo da vida, inclusive a nossa própria.

Com relação a pontos positivos, os mitos criacionistas ajudaram os seres humanos a superaram a angústia causada pela incerteza e pela falta de ferramentas em termos de conhecimento e tecnologias para uma resposta mais apropriada para o problema de "de onde viemos". Criava uma certa sensação de conforto e de que não estávamos sós com nossos problemas nesse mundo.

Enquanto pontos negativos, os diversos mitos criacionistas e as diferentes religiões foram motivos que influenciaram a morte de muitas pessoas através de guerras santas, inquisição, perseguições religiosas, dentre outros tipos de violências.  Problemas estes que ainda hoje criam problemas às relações entre as pessoas e entre os diferentes países.

Por outro lado, o evolucionismo é uma descoberta recente após milênios de desenvolvimento de nossos conhecimentos e tecnologias. É a base de toda a biologia atual, com confirmação através de diversos campos do conhecimento humano, tais como a genética, a geologia, paleontologia, que demonstram a existência do ser humano não enquanto separada dos demais animais, mas intimamente relacionada. Ou seja, ao longo de um período de tempo extraordinário, mais de três bilhões de anos, período difícil de ser analisado pelos parâmetros temporais da mente humana, todos os seres vivos evoluíram a partir de formas muito parecidas, devido aos diferentes contextos evolutivos servido ao processos de seleção natural e seleção sexual, possibilitando a enorme biodiversidade característica de nosso planeta.

Enquanto ponto positivo, com a descoberta da evolução, o ser humano conseguiu compreender melhor como a nossa espécie chegou até a atualidade, bem como que a evolução é uma característica da vida. Houve avanços importantes para a genética, a biologia, a seleção artificial, bem como diversos outros campos de estudo, auxiliando em uma percepção e análise mais adequada de nosso mundo.

Por outro lado, assim como uma faca, o conhecimento não é, por si só, algo bom ou ruim, dependendo do uso que é feito pelas pessoas. Desse modo, a compreensão do processo evolutivo de modo superficial levou as pessoas a acreditarem em raças humanas mais "evoluídas" que outras, dentre outras perspectivas ilógicas e falsas.  Uma dessas ideias é a "supremacia da raça branca" ou a loucura nazista de perseguir e matar as pessoas em função de serem judeus, ciganos, dentre outros povos, considerados inferiores à "raça ariana".

Para complementar essa explicação, sugiro a leitura dos livros de Richard Dawkins e de Carl Sagan ("O Maior Espetáculo da Terra" e "O mundo assombrado por demônios", bem como o vídeo da cientista brasileira Suzana Herculano-Houzel (basta colocar o nome dela + ted no you..tube) e o vídeo " BBC História da Ciência - Episódio 03 - Como Chegamos Até Aqui?  ", facilmente encontrado no you..tube.

Bons estudos!
  • Comentários
  • denunciar!
  • Obrigado (1)
  • Avaliar Avaliar: 5, Votos: 1

Comentários

Escreva aqui seu comentário...