Respostas

A melhor resposta!
2013-05-16T17:56:44-03:00
Modernismo (Portugal) - resumo, autores, dicas e questão comentada  

23/09/2010 15h35

O modernismo português começa com a publicação, em 1915, da revista Orpheu. Contando com a participação de vários artistas e poetas, a revista veicula vasta produção ousada e irreverente fruto das novas concepções estéticas que circulam pela Europa em inícios do século 20. 

As grandes revelações literárias desse período, Mário de Sá-Carneiro e Fernando Pessoa, surgem justamente nas páginas de Orpheu.

Mário de Sá-Carneiro (1890 1916) -
 influenciado pelo decadentismo e pela estética simbolista, construiu uma obra marcada por inesperada e inquietante angustia existencialista. Afastando-se da preocupação meramente estética, aborda o tema da cisão do sujeito na enunciação de si próprio e na formulação de sua percepção de mundo.

Fernando Pessoa (1888 1935) - 
sua obra é caracterizada pela busca da despersonalização e da fragmentação do eu do poeta em múltiplas personalidades o que possibilita a criação de um universo literário em que sinceridade e fingimento são discutidos de maneira rica, densa e intrigante. Para compreendê-lo é fundamental conhecer a produção de seus heterônimos.

Heterônimos de Fernando Pessoa
Alberto Caeiro: poeta bucólico, está em contato direto com a natureza, aproximando a sua lógica da ordem natural das coisas. Caeiro pensa com os sentidos e vê as coisas como elas são, desprovidas de conceitos e valores pré-concebidos. 

Ricardo Reis - 
poeta de inspiração neoclássica, é um latinista cuja preocupação em gozar o momento remete ao carpe diem. Para ele, é preciso estar atento para aproveitar os instantes volúveis da vida, com serenidade e sem excessos.

Álvaro de Campos - 
poeta inquieto e adepto do decadentismo, constrói sua obra a partir de experiências futuristas,nas quais é nítida a influência do norte americano Walt Whitman. Mas Campos esgota essa vertente e adere à poesia intimista e melancólica, evoluindo ao sensacionismo para o qual a sensação é a única realidade da vida.

Fernando Pessoa (ele mesmo) - considerado por alguns críticos também uma espécie de heterônimo, o Fernando Pessoa ortônimo produz uma poesia lírica de tendência saudosista e nacionalista.

Por que é importante para o vestibular?
A heteronímia de Pessoa intriga estudiosos e aparece como caso único na literatura mundial. A dilatação do mundo real e a materialização do fictício constitui desafio intelectual para todos que buscam um universo cultural mais amplo.

1 5 1
2013-05-16T18:19:20-03:00

Características gerais:

 

-Combate ao passadismo; contra os padrões clássicos e tradição.

-Irreverência contra o preestabelecido.

-Liberdade formal; versos livres; ausência de rima; liberação do ritmo; liberdade de estrofação.

-Linguagem coloquial, do dia-a-dia; regionalismo.

-Humor, ironia, paródia e poema-piada.

-Busaca do novo, original, dinâmico refletindo a industrialização, máquinas, motores.

-Sem enfeites e rebuscamentos; a simplicidade.

-Abstenção de uma postura sentimentalóide.

-Preo cupação com a observação e análise crítica da realidade.

-Consiência nacional.

 

 

 

Foi uma revista timestral de Literatura editada em Lisboa