Tarefa

Foto de perfil do usuário kama21

A educação pública antes da independência (1549 a 1822)

A educação pública antes da independência (1549 a 1822)

por Kama21

Tem dúvidas sobre esta tarefa? Pergunte!

Peça mais detalhes ao usuário Kama21

Respostas

Respostas

Foto de perfil do usuário fernandassilveira
Fernandassilveira respondeu
A história da educação no Brasil começa em 1549, com a chegada dos primeiros padres jesuítas, inaugurando uma crise que haveria de deixar marcas profundas na cultura e civilização do país. Movidos por intenso sentimento religioso de propagação da fé cristã, durante mais de 200 anos os jesuítas foram praticamente os únicos educadores do Brasil (Barbosa, 2003).Em 1759, quando os jesuítas foram expulsos de Portugal e de suas colônias, abriu-se um enorme vazio na educação, que só tomaria novo impulso a partir de 1808, com a mudança da sede do reino de Portugal e a vinda da Família Real para o Brasil Colônia. Tais fatos provocaram a instauração de instituições culturais e científicas, de ensino técnico e dos primeiros cursos superiores, como os de medicina no Rio de Janeiro e na Bahia (Barbosa, 2003).Desde essa época é notável como a obra educacional de D. João VI estava interessada em suprir as necessidades imediatas da corte portuguesa no Brasil, com o intuito de preencher demandas de formação profissional. Com essa característica, teve forte influência na educação, tanto básica quanto de ensino superior (Lima, 1969).Durante os períodos subsequentes, até meados dos anos 1920, estabeleceram-se duas constituições, uma em 1824 e outra em 1891. Com a independência do país, conquistada em 1822, esboçaram-se algumas mudanças no panorama político e social. 
  • Comentários
  • Denunciar!
  • Obrigado (6)
  • Avaliar

Comentários

Escreva aqui seu comentário...