A formação social e cultural do Brasil deu-se, ao longo do tempo, a partir da articulação de práticas, costumes e saberes de diferentes povos, dentre os quais se destacam os indígenas e os africanos. Contudo, essa articulação não ocorreu de modo harmônico como sugeriu Gilberto Freyre em sua produção sociológica. A chamada “democracia racial” proposta por este importante autor não se revela, de fato, na realidade brasileira; ao contrário, profundas desigualdades marcam as relações sociais no país. Sobre isto, considere as alternativas e assinale a única que está correta de acordo com os conhecimentos trabalhados nas web aulas.

Alternativas

1 -
A dificuldade de inclusão e de ascensão social de indígenas e afrodescendentes na sociedade brasileira resulta de um processo histórico pautado em raízes etnocêntricas

2 -
Ao contrário do que defende Gilberto Freyre, o problema das desigualdades sociais no Brasil é a grande diversidade de raças que compõem o povo brasileiro

3 -
O critério de divisão da sociedade brasileira em categorias raciais é uma forma de reparar as desigualdades historicamente determinadas

4 -
A dificuldade de inclusão e de ascensão social de certos grupos étnicos no Brasil está basicamente mais relacionada ao fator racial em si do que ao histórico-econômico

5 -
A sociedade brasileira é pouco diversa e desigual quando comparada com as demais sociedades latino-americanas, por isso o Brasil é reconhecido por sua democracia racial

1

Respostas

2014-03-25T19:29:45-03:00
 A dificuldade de inclusão e de ascensão social de indígenas e afrodescendentes na sociedade brasileira resulta de um processo histórico pautado em raízes etnocêntricas.
1 5 1