Respostas

2013-05-27T16:42:41-03:00

     Os sofistas foram os primeiros filósofos do período socrático(de socrates dã).Eles se opunham à filosofia pré-socrática dizendo que estes ensinavam coisas contraditórias e repletas de erros que não apresentavam utilidade nas cidades. Dessa forma, substituíram a natureza, que antes era o principal objeto de reflexão, pela arte da persuasão.

 

Mais importantes:
Dentre os sofistas, pode-se destacar: Protágoras, Górgias, Hípias, Isócrates, Pródico, Crítias, Antifonte e Trasímaco, sendo que destes, Protágoras, Górgias e Isócrates foram os mais importantes. 

 

Importante:Eles prezavam pelo desenvolvimento do espírito crítico e pela capacidade de expressão. Uma consequência importante que se fez pelos sofistas foi a abertura da filosofia para todas as pessoas das polis que antes era somente uma seita intelectual fechada formada apenas por nobres.

 

 

Intereçante:Protágoras difundiu a frase: “O homem é a medida de todas as coisas, das coisas que são, enquanto são, das coisas que não são, enquanto não são”. Por meio dela e de outras, foi acusado de ateísta tendo seus livros queimados em praça pública, o que o fez fugir de Atenas e refugiar-se em Sicília.

1 5 1
2013-05-27T16:51:10-03:00

 Os sofistas foram os primeiros filósofos do período socrático(de socrates dã).Eles se opunham à filosofia pré-socrática dizendo que estes ensinavam coisas contraditórias e repletas de erros que não apresentavam utilidade nas cidades. Dessa forma, substituíram a natureza, que antes era o principal objeto de reflexão, pela arte da persuasão.

 

Mais importantes:
Dentre os sofistas, pode-se destacar: Protágoras, Górgias, Hípias, Isócrates, Pródico, Crítias, Antifonte e Trasímaco, sendo que destes, Protágoras, Górgias e Isócrates foram os mais importantes. 

 

Importante:Eles prezavam pelo desenvolvimento do espírito crítico e pela capacidade de expressão. Uma consequência importante que se fez pelos sofistas foi a abertura da filosofia para todas as pessoas das polis que antes era somente uma seita intelectual fechada formada apenas por nobres.

 

 

Intereçante:Protágoras difundiu a frase: “O homem é a medida de todas as coisas, das coisas que são, enquanto são, das coisas que não são, enquanto não são”. Por meio dela e de outras, foi acusado de ateísta tendo seus livros queimados em praça pública, o que o fez fugir de Atenas e refugiar-se em Sicília.

1 5 1