O amor e a loucura
No Amor tudo é mistério: suas flechas e sua aljava, sua chama e sua infância eterna.
Mas por quê o amor é cego?
Aconteceu que num certo dia o Amor e a Loucura brincavam juntos. Aquele ainda não era cego. Surgiu entre eles um desentendimento qualquer. Pretendeu então o Amor que se reunisse para tratar do assunto o conselho dos deuses. Mas a Loucura, impaciente, deu-lhe uma pancada tão violenta que lhe privou da visão.
Vênus, mãe e mulher, pôs-se a clamar por vingança, aos gritos. E diante de Júpiter, Nêmesis - a deusa da vingança - e de todos os juízes do Inferno, vênus exigiu que aquele crime fosse reparado. Seu filho não podia ficar cego.
Depois de estudar detalhadamente o caso, a sentença do supremo tribunal celeste consistiu em condenar a Loucura a servir de guia ao Amor eternamente.

1) O narrador da fábula afirma que tudo no amor é mistério.
a)Que palavras designam o mistério do Amor?
b) O que cada uma dessas palavras nomeia: um ser, uma qualidade, um estado ou um sentimento?

2) Por que, na fábula, as palavras amor e loucura foram empregadas com letra maiusculas?

3) A fábula é um gênero textual que costuma apresentar, no final, uma moral, isto é, um ensinamento. Isso, entretanto,não ocorre nessa fábula. Que moral você daria para ela?

1

Respostas

A melhor resposta!
2014-03-31T21:40:45-03:00
Olá

1- a) ao falar que o amor é cego e eterno,flechas ( nos atinge) , chama( nos atrai), infância( agimos sem maturidade : compara com a ingenuidade das crianças ( fase infantil)
    B)uma qualidade(adjetivo): cego, eterno, infantil, chama ( que se prende a)
2-  Porque Amor e Loucura são personagens da fábula, portanto são substantivos próprios( substantivos próprios são escritos com inicial maiúscula) , deve ser escritos  com inicial maiúscula.; Amor/Loucura
3- Moral: "O amor leva-nos a perdição,e o não controle da realidade. Devemos amar com cautela e não nos deixar perder a razão, fato que pode nos levar a loucura."

   Esse texto é narrativo, no enunciado está dizendo ser fábula, porém não deixa de ser também uma lenda...
6 4 6