Respostas

2014-04-01T16:44:03-03:00
Foi assinado em Tianjin em junho de 1858, terminando a primeira parte da Segunda Guerra do Ópio ( 1856- 1860). França, Reino Unido, Rússia e Estados Unidos foram as partes envolvidas. Esse tratado abriu mais as portas chinesas para o Tratado de Nanquim, permitiu a estadia dos diplomatas estrangeiros em Pequim, legalizou a importação de ópio, permitiu a atividade missionária cristã e concedeu a liberdade religiosa aos cristãos (incluindo os cristãos chineses). Este tratado foi ratificado pelo Imperador da China na Convenção de Pequim, em 1860, após o fim da guerra.
6 4 6