Respostas

2014-04-02T15:00:39-03:00
Eu diria que a colaboração, o respeito, coisas do tipo. 
Aquela velha hostória de que meus direitos começam onde terminam os do outro. Dessa forma não somos livres para fazer o que queremos, mas temos uma certa liberdade de atitude, de pensamento e de escolha, a medida que essas escolhas somente atingam a minha própria vida, é possível que outras pessoas tenham atitudes ( e pensamentos) diferentes mas que fiquem limitados a realidade dele, bem como os meus na minha vida, sem atrapalhar aos outros nem causar grandes interferências nas suas escolhas. 
Agindo assim, todos direta ou indiretamente acabam se ajudando nos que diz respeito à relação do indivíduo e a sociedade: impostos ( onde há pessoas gerenciando um banco de dados e verificando vencimentos pagos, na compra de algum bem quando temos alguém com conhecimento e a nossa espera para realizá-la). 
E por ai vai...