Respostas

2014-04-02T21:43:51-03:00
De ponto de vista pessoal, sim, pois era vontade da população da Krimeia. E acredito que sim, também de ponto de vista econômico, afinal, a Rússia é uma potência em vários aspectos e acredito que poderia vir a suprir as necessidades da população do seu novo "anexo". É correto a anexação, contanto que haja disponível os serviços básicos para a população, além de toda a documentação nacional - coisa que já está em processo. Além do mais, a Rússia se comprometeu em manter os antigos empregos e vagas na faculdade (estas, até determinado período) sem a necessidade de testes. Assim, a Rússia estaria pronta para receber a Krimeia e a vontade do povo tem que ser atendida, afinal, isso é a democracia.