O Escorpião e o Sapo

A mata que cobria uma das margens de um rio estava em chamas. Um escorpião, vendo que iria morrer carbonizado, pede a um sapo, que se preparava para ir para a outra margem, que o leve nas costas. O sapo recusa-se, dizendo que o escorpião poderia picá-lo. Este diz que não haveria nenhuma razão para isso, pois se o aguilhoasse, morreria afogado. Continua dizendo que ele poderia estar tranquilo, pois aferroá-lo era ir contra sua própria vida. O sapo começa a nadar. No meio do rio, o escorpião pica-o. Sentindo a ação do veneno, o sapo indaga o porquê daquela atitude, já que ambos iriam morrer. O escorpião responde que não podia resistir à vontade de aferroar os outros.

A ideia central do texto é mostrar:

ALTERNATIVAS A fragilidade do escorpião diante do perigo de morte. Nada pode alterar a natureza do ser humano. Que é necessário fazer o bem, mas olhando a quem. Que o sapo foi solidário com o escorpião e se deu mal. Que a natureza é cruel com os animais.

2
é importanti alguem se impota com a natureza
qual a resposta certa ?
Assinalei a letra C - Que é necessário fazer o bem, mas olhando a quem
Acredito D
Assinalo a letra B-Nada pode alterar a natureza do ser humano.

Respostas

2014-04-05T08:00:08-03:00
A fragilidade do escorpião diante do perigo de morte.
0
2014-04-05T08:32:44-03:00
Nada podi altera a natureza do ser humano
Nada pode alterar a natureza do ser humano.