Tarefa

Retrato de uma princesa desconhecidaPara que ela tivesse um pescoço tão finoPara que os seus pulsos tivessem um quebrar de caulePara que os

seus olhos fossem tão frontais e limposPara que a sua espinha fosse tão direitaE ela usasse a cabeça tão erguidaCom uma tão simples claridade sobre a testaForam necessárias sucessivas gerações de escravosDe corpo dobrado e grossas mãos pacientesServindo sucessivas gerações de príncipesAinda um pouco toscos e grosseirosÁvidos cruéis e fraudulentosFoi um imenso desperdiçar de gentePara que ela fosse aquela perfeiçãoSolitária exilada sem destinoANDRESEN, S. M. B. Dual. Lisboa: Caminho, 2004. p. 73.No poema, a autora sugere queALTERNATIVASOs príncipes e as princesas são naturalmente belos.Os príncipes generosos cultivavam a beleza da princesa.A beleza da princesa é desperdiçada pela miscigenação racial.O trabalho compulsório de escravos proporcionou privilégios aos príncipes.O exílio e a solidão são os responsáveis pela manutenção do corpo esbelto da princesa.
por Conta apagada

Tem dúvidas sobre esta tarefa? Pergunte!

Peça mais detalhes ao usuário Conta apagada

Respostas

Respostas

1
Paty1108 respondeu
se o complemento da sua questao for esse:
Alternativas 
1 - os príncipes e as princesas são naturalmente belos 
2 - o trabalho compulsório de escravos proporcionou privilégios aos príncipes 
3 - os príncipes generosos cultivavam a beleza da princesa 
4 - a beleza da princesa é desperdiçada pela miscigenação racial 
5 - o exílio e a solidão são os responsáveis pela manutenção do corpo esbelto da princesa.
Número 2. O trabalho compulsório de escravos proporcionou privilégios aos príncipes
  • 1 comentário
  • Denunciar!
  • Obrigado (5)
  • Avaliar

Comentários

  • 2 - o trabalho compulsório de escravos proporcionou privilégios aos príncipesPaty7057
    denunciar!
Escreva aqui seu comentário...