Com o advento do Estado Moderno e o fortalecimento do Direito como instrumento de controle, o que se procurou foi exaltar primeiro uma construção coletiva do homem trabalhador e não do trabalhador no sentido individual.Na visão de Supiot e desenvolvida pelo palestrante, o Contrato de Trabalho é um instrumento importante, pois permite que as relações que antes estavam no campo das ideias sejam transformadas em algo real. O trabalho é uma realidade e não uma ficção.Para Supiot, a crença no contrato é uma crença na ficção científica de uma pessoa moral, que já não mais existe. O que existe é o "rabalhador e seu contrato de trabalho".A partir deste momento histórico, isso é, com o advento do Estado Moderno, tendo como referência a Revolução Francesa, o trabalho e suas relações passam a adquirir um corpo uníssono.O mundo moderno permitiu que fosse perfeitamente separado o mundo do trabalho e o mundo da vida do homem propriamente dita, pois agora, quando do término do tempo de trabalhar, podemos nos desligar dos mesmos.Segundo o ponto de vista desenvolvido pela Palestra, para compreender as Relações de Trabalho é necessário fazer inicialmente uma desconstrução sobre o trabalho, para depois, num segundo momento, estabelecermos as relações necessárias sobre o homem e o trabalho. Sendo assim, é correto afirma que:

1
Eu resp. a ultima..hshs

Respostas

2014-04-07T22:14:52-03:00
Resposta C- Slide 34