É
ou não ético roubar um remédio cujo preço é inacessível, a fim de
salvar alguém, que, sem ele, morreria? Seria um erro pensar que, desde
sempre, os homens têm as mesmas respostas para questões desse tipo. Com o
passar do tempo, as sociedades mudam e também mudam os homens que as
compõem. Na Grécia Antiga, por exemplo, a existência de escravos era
perfeitamente legítima: as pessoas não eram consideradas iguais entre
si, e o fato de umas não terem liberdade era considerado normal. Hoje em
dia, ainda que nem sempre respeitados, os Direitos Humanos impedem que
alguém ouse defender, explicitamente, a escravidão como algo legítimo.
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Secretaria de Educação Fundamental. Ética.
Brasília, 2012. Disponível em: <portal.mec.gov.br>. Acesso em: 16
jul. 2012 (adaptado).

Com relação a ética e cidadania, avalie as afirmações seguintes.
I.
Toda pessoa tem direito ao respeito de seus semelhantes, a uma vida
digna, a oportunidades de realizar seus projetos, mesmo que esteja
cumprindo pena de privação de liberdade, por ter cometido delito
criminal, com trâmite transitado e julgado.
II.
Sem o estabelecimento de regras de conduta, não se constrói uma
sociedade democrática, pluralista por definição, e não se conta com
referenciais para se instaurar a cidadania como valor.
III.
Segundo o princípio da dignidade humana, que é contrário ao
preconceito, toda e qualquer pessoa é digna e merecedora de respeito,
não importando, portanto, sexo, idade, cultura, raça, religião, classe
social, grau de instrução e orientação sexual.
É correto o que se afirma em

1

Respostas

2014-04-09T23:11:01-03:00