Faça uma analise do poema de Carlos Drummond de Andrade

Todas as guerras do mundo, são iguais
Todas as fomes são iguais
Todos os amores, iguais, iguais, iguais
Iguais todos os rompimentos
A morte é igualíssima
Todas as ações, cruéis, piedosas ou indiferentes, são iguais
Contudo, o homem não é igual a nenhum outro homem, bicho ou coisa
Não é igual a nada
Todo ser humano é um estranho impar.

1

Respostas

2014-04-10T10:17:15-03:00
Que tipo de análise quer que seja feita?