População analfabeta com idade superior a 15 anos

Ano

Porcentagem

2000

13,6

2001

12,4

2002

11,8

2003

11,6

2004

11,2

2005

10,7

2006

10,2

2007

9,9

2008

10,0

2009

9,7

Fonte: IBGE

A Síntese de Indicadores Sociais (SIS 2010) utiliza-se da Pesquisa

Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) para apresentar

sucinta análise das condições de vida no Brasil. Quanto ao

analfabetismo, a SIS 2010 mostra que os maiores índices se

concentram na população idosa, em camadas de menores

rendimentos e predominantemente na região Nordeste, conforme

dados do texto a seguir.

A taxa de analfabetismo referente a pessoas de 15 anos ou mais

de idade baixou de 13,3% em 1999 para 9,7% em 2009. Em

números absolutos, o contingente era de 14,1 milhões de pessoas

analfabetas. Dessas, 42,6% tinham mais de 60 anos, 52,2%

residiam no Nordeste e 16,4% viviam com ½ salário-mínimo de

renda familiar per capita. Os maiores decréscimos no analfabetismo

por grupos etários entre 1999 a 2009 ocorreram na faixa dos 15

a 24 anos. Nesse grupo, as mulheres eram mais alfabetizadas, mas

a população masculina apresentou queda um pouco mais

acentuada dos índices de analfabetismo, que passou de 13,5%

para 6,3%, contra 6,9% para 3,0% para as mulheres.

SIS 2010: Mulheres mais escolarizadas são mães mais tarde e têm menos filhos. Disponível em: <www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias>. Acesso em: 25 ago. 2011 (adaptado).

Com base nos dados apresentados:

1) (1.0) Identifique o tipo de pesquisa.

( ) Laboratorial ( ) Pesquisa de campo ( ) Descritiva ( ) Experimental ( ) Bibliográfica

Me ajudem

2

Respostas

2014-04-12T15:09:44-03:00
A resposta é ... BIBLIOGRÁFICA'
3 3 3
2014-04-12T15:51:59-03:00
Resposta:opção 2 -- Pesquisa de campo
1 1 1