Respostas

2013-06-05T13:13:38-03:00

América Latina: herança colonial e diversidade cultural.
          Portugal e Espanha disputavam o direito de explorar, conquistar ou estabelecer relações comerciais com outros povos, o Tratado de Tordesilhas, assinado em 1494 por esses países, havia estabelecido os limites para os domínios coloniais das coroas portuguesas e espanhola. Entretanto, não forram só Portugal e Espanha que tiveram interesses pelas novas terras. O continente americano atraiu a cobiça de outras potências européias, que iniciaram uma disputa pelos territórios. Os espanhóis colonizaram parte da América do Norte, a América Central e parte da América do Sul, formando a América Hispânica, em suas colônias exploravam metais preciosos e plantavam cana-de-açúcar com mão-de-obra escrava da África.
Essa diversidade entre as colônias de exploração foi responsável por diferenças étnicas e culturais: na América hispânica predominaram sociedades mestiças com base nos elementos brancos e indígenas e elites brancas; no território português, predominou a mestiçagem entre negros e brancos. A colonização espanhola e portuguesa foi constituída por colônias de exploração, onde Portugal e Espanha ficavam com o lucro.
Já a colonização inglesa na América teve um caráter ocupacional, constituindo-se colônias de povoamento. Os colonizadores eram dissidentes religiosos, pessoas que fugiam de perseguições ou guerras ou que vinham colonizar as terras, reconstruindo o modo de vida que tinham na Europa.   A América inglesa dividiu-se entre as plantações senhoriais sulistas e a economia familiar nortista.
Costuma-se dividir o continente americano em: América Anglo-saxônica e América Latina. A América Latina engloba países com semelhanças históricas e lingüísticas de Portugal e Espanha os idiomas dessas nações, que são línguas latinas. Atualmente, o que melhor caracteriza   e identifica os países latino-americanos são suas características econômicas e suas dificuldades de desenvolvimento, comuns desde a época da... [continua]

6 3 6