Respostas

2014-04-23T19:52:37-03:00
Blocos economicos sao assossiacoes de paises que se unem com o objetivo de ampliar as relacoes economicas entre si, realizando trocas com pouca ou nenhuma restricao. esses blocos facilitam e estimulam a curculacao de mercadorias e de capitais, configurando mercadorias regionais
2014-04-23T19:54:56-03:00
 

Essa classificação remete às diversas etapas do desenvolvimento dos blocos econômicos que, em sua origem, pode ser associada ao estabelecimento da Comunidade Econômica do Carvão e do Aço (CECA) pela Alemanha Ocidental, Bélgica, França, Holanda, Itália e Luxemburgo em 1956. Essa organização seria a base do que futuramente constituiu a União Européia. 

Adam Smith já havia percebido que a divisão do trabalho é a razão do aperfeiçoamento econômico por permitir uma maior produtividade do trabalho. Um fenômeno semelhante ocorre com os países, caracterizando a moderna Divisão Internacional do Trabalho (DIT). Por essa ótica, a melhor forma de garantir a prosperidade das nações é o livre comércio de bens e serviços, de modo a cada área produzir aquilo em que obtem a melhor produtividade marginal. 

Os blocos econômicos surgiram nesse contexto com o propósito de permitir uma maior integração econômica dos países membros visando um aumento da prosperidade geral. 

A fase inicial caracteriza-se, normalmente, pela constituição de uma área de livre comércio, que tem como objetivo a isenção das tarifas de importação de produtos entre os países membros. Deste modo, um artigo produzido num país poderá ser vendido noutro sem quaisquer impedimentos fiscais, respeitando-se apenas as normas sanitárias ou outras legislações restritivas que eventualmente apareçam. 

Numa união aduaneira, os objetivos são mais amplos, abrangendo a criação de regras comuns de comércio com países exteriores ao bloco. 

O mercado comum implica numa integração econômica mais profunda, com a adoção das mesmas normas de comércio interno e externo, unificando as economias e, num estágio mais avançado, as moedas e instituições. 

A falha principal deste modo de encarar o surgimento e desenvolvimento dos blocos econômicos é o fato de que ela induz, a partir de um caso específico (a União Europeia), as etapas de desenvolvimento pelas quais outros blocos econômicos haveriam de passar. A própria história de alguns blocos econômicos aponta, entretanto, num sentido oposto, mostrando que ao invés de uma regra, o caso da União Europeia consiste numa exceção. Exemplos são abundantes, como o caso da União Africana bem ilustra, ou ainda o Mercosul. 

Exemplos de alguns blocos econômicos 

* ALBA - Alternativa Bolivariana para as Américas 
* ALCA - Área de Livre Comércio das Américas 
* APEC - Asia-Pacific Economic Cooperation 
* ASEAN - Associação das Nações do Sudeste Asiático 
* CAN - Comunidade Andina de Nações 
* SADC - Comunidade de Desenvolvimento da África Austral 
* ALCOM - Acordo de Livre Comércio do Oriente Médio. 
* Mercosul - Mercado Comum do Sul 
* NAFTA - North America Free Trade Agreement 
* União Européia 
* UNASUL - União de Nações Sul-Americanas 
* Liga Árabe 
* Tigres asiáticos 
* Associação Latino-Americana de Integração 
* CARICOM - Comunidade do Caribe 
* Mercado Comum Centro-Americano 
* EFTA - Associação Europeia de Livre Comércio 
* CEI - Comunidade dos Estados Independentes 
* ANZCERTA - Acordos de Relações Comerciais Austrália-Nova Zelândia 
* CCG - Conselho de Cooperação do Golfo 
* CEMAC - Comunidade Econômica e Monetária da África Central 
* ECOWAS - Comunidade Econômica do Oeste Africano 
* UMA - União do Maghreb Árabe 
* SACU - União Aduaneira da África Austral 
* OPEP - Organizações dos Países Exportadores de Petróleo 
* EAC - Comunidade da África Oriental 
* COMESA - Mercado Comum da África Oriental e Austral 
* CEFTA - Acordo Centro-Europeu de Livre Comércio 
* V4 - Grupo de Visegrád 
* UEMOA - União Econômica e Monetária do Oeste Africano