Respostas

2013-06-11T16:54:32-03:00

O sistema socialista caracteriza-se pela ideia de transformação da sociedade através da distribuição equilibrada de riquezas e propriedades, diminuindo a distância entre ricos e pobres. Todos os bens e propriedades particulares seriam de todas as pessoas e haveria repartição do trabalho comum e dos objetos de consumo, eliminando as diferenças econômicas entre os indivíduos.

3 2 3
2013-06-11T16:58:51-03:00

* Diferentemente do capitalismo, o socialismo é um modo de organização social onde ocorre distribuições igualadas de riquezas e propriedades, a fim de proporcionar um modo de vida mais justo. (pode usar Cuba como um exemplo) 

* Adquiriu maior evidência na europa, mais precisamente em sociedades de Paris

Na visão do pensador e idealizador do socialismo, Karl Marx, este sistema visa a queda da classe burguesa que lucra com o proletariado desde o momento em que o contrata para trabalhar em suas empresas até a hora de receber o retorno do dinheiro que lhe pagou por seu trabalho. Segundo ele, somente com a queda da burguesia é que seria possível  a ascensão dos trabalhadores. 

* Socidadedades sem classes, ou seja, onde todos tem uma condição de vida e desenvolvimento igualadas

* A mais significativa experiencia socialista ocorreu após a revolução russa de 1917, onde bolcheviques liderados por Lênin, implantaram o socialismo na Rússia

Porém, após algum tempo, e por serem a minoria num mundo voltado ao para o lucro e acúmulo de riquezas, passaram por dificuldades e viram seus sistemas entrarem em colapso. Foi a União Soviética que iniciou este processo, durante o governo de Mikail Gorbachov, que implantou um sistema de abertura econômica e política (Glasnost e Perestroika) em seu país. Na mesma onda, o socialismo foi deixando de existir nos países da Europa Oriental. 

Atualmente, somente Cuba, governada por Fidel Castro, mantém plenamente o sistema socialista em vigor. Mesmo enfrentando um forte bloqueio econômico dos Estados Unidos, o líder cubano consegue sustentar o regime, utilizando, muitas vezes, a repressão e a ausência de democracia.

1 5 1