Respostas

2014-04-27T07:14:49-03:00
Em 1968, Spaulding propôs uma abordagem racional à desinfecção e à esterilização, dividindo o material usado nos cuidados aos pacientes em três distintas categorias,baseando-se no grau de risco de infecção envolvido:artigos críticos, artigos semicríticos e artigos não críticos Os artigos críticos oferecem alto risco de infecção hospitalar,caracterizados pela contaminação com microorganismos  ou esporos bacterianos. São incluídos nesta categoria o material cirúrgico, os cateteres cardíacos e vesicais, os implantes, os fluidos para aplicação intravenosa e as agulhas de punção.Devem ser tratados com autoclavagem, com óxido de etileno ou com quimioesterilizadores, se os outros métodos forem inadequados.