Texto: No reality 'Mundo sem Mulheres', as mulheres vão passar uma semana em spa e os homens vão ter que assumir a casa e cuidar dos filhos. Uma turma muito batalhadora vai tirar férias! Uma semana sem ouvir choro de criança e reclamação de marido! É a estreia de "Mundo sem Mulheres", com apresentação de Alexandre Borges! Enquanto elas relaxam num spa, eles vão ter de se virar sozinhos, cuidando da casa, dos filhos! Será que dão conta?

Pergunta.

Analise a descrição do novo quadro do programa Fantástico, Mundo sem Mulheres, descreva e destaque no texto os indícios que revelam como a mídia colabora com a manutenção o status quo machista em nossa sociedade.

POR FAVOR ME AJUDEM

2

Respostas

2013-06-12T00:43:59-03:00

A mídia colabora para o status machista, e o texto destaca isso em varias partes como ''Uma semana sem ouvir choro de criança e reclamação de marido! ''  Essa parte da uma sensibilidade de que a mulher tem o papel apenas de cuidar da casa, dos filhos e do marido. E o programa colocando os homens para fazer o suposto ''serviço'' das ''mulheres'', mostra que os maridos so cuidam da casa e dos filhos, fazendo toda a rotina da mulher como se fosse algo sofrido. e no final ainda diz ''Será que dão conta'' será que o trabalho das mulheres é tão cansativo e fadigo que é preciso dar conta ! ou seja a mulher está sendo classificado, como um ser que só serve pra cuidar, da casa, dos filhos e do marido.

1 5 1
2013-06-12T01:43:25-03:00

Vivemos em uma realidade machista, no qual este cenário aos poucos está sofrendo alterações e assim, tornando um mundo mais igual para todos. No caso em tela, a midia não é diferente com o pensamento da sociedade, e deixa muito claro em seu título "MUNDO SEM MULHURES" ironizando com o conceito machista. Dessa forma, citando o texto "Uma semana sem ouvir choro de criança e reclamação de marido", retifica aquilo que a socidade está acostumada a observa, que quando o homem, a principio, buscar o sustento da familia, a mulher ficaria responsavel em cuidar das crianças, bem como a casa.