Respostas

2014-04-28T15:55:46-03:00





Em um certo dia, o profeta Ezequiel foi levado pela mão do Senhor em espírito a um cemitério de ossos sequíssimos. Caminhando Ezequiel no meio de uma multidão de ossos que se quebravam de tão secos, a voz do Senhor soou naquele pavoroso lugar dizendo:

- Filho do homem, seria possível estes ossos tornarem a viver?

Ezequiel disse apenas que só Senhor saberia. Deus então ordenou a Ezequiel para profetizar sobre os ossos secos.

Ouvindo a palavra do Senhor, o profeta Ezequiel proclamou a mensagem de Deus à multidão de ossos do pavoroso cemitério:

- Ossos secos, ouçam a palavra do Senhor! Assim diz o Senhor: porei em vós um espírito e vivereis e sabereis que o Senhor é Deus.

Enquanto o profeta falava, iniciou-se um grande rebuliço entre os ossos secos. Os ossos, incrivelmente, foram juntando-se cada um aos ossos do seu próprio esqueleto e dos ossos começaram a brotar carnes, nervos e peles, mas os corpos formados ainda não tinham alma.

O profeta Ezequiel disse ao espírito para que ele viesse dos quatro ventos e assoprasse sobre os corpos sem alma o fôlego da vida. Então o espírito começou a apoderar-se dos corpos sem alma de tal forma que eles ganharam vida e se puseram de pé formando um grande e vivo exército.

Estando o profeta Ezequiel maravilhado com a visão que tivera, o Senhor lhe disse: Filho do homem, estes ossos representam toda a casa de Israel. Os ossos secaram-se e pereceu a sua esperança. Deus ordenou então que Ezequiel proclamasse a seguinte profecia à casa de Israel: “Eis que abrirei as vossas sepulturas e delas vos farei sair e, quando eu fizer isso, sabereis que eu sou o Senhor. E porei o meu espírito sobre vós e vivereis e vos colocarei na vossa terra. Assim sabereis que eu, o Senhor, disse e fiz.”.

Através da visão do cemitério de ossos secos, Deus enviou uma profecia de esperança ao seu povo. Deus disse ao profeta Ezequiel que a multidão de ossos secos representava a casa de Israel que estava seca porque permanecia sem qualquer esperança de liberdade no cativeiro em que estava vivendo. Mas assim como foi possível brotar vida dos ossos sequíssimos, o povo de Israel poderia voltar a ter esperança, liberdade e vida. Deus então mandou o profeta Ezequiel profetizar aos israelitas que ele abriria os sepulcros, isto é, o cativeiro em que eles estavam, e os levantaria de novo. Deus prometeu colocar seu espírito no seu povo e trazê-los de volta à terra prometida para que Israel soubesse que o Senhor é Deus.

A mensagem do pavoroso cemitério de ossos secos é uma linda mensagem do amor de Deus ao seu povo e não uma visão de horror. Deus, através dessa visão, mostrou que há esperança até para aquilo que já é dado como morto. Assim como há esperança para uma árvore cortada e caída (Jó 14:7) e para ossos sequíssimos sem qualquer vida, há esperança para Israel, há esperança para todos nós.

1 5 1