Respostas

2014-05-01T20:33:53-03:00
Oculto é quando você consegue identificar Ex Levantei cedo hoje.    ( eu levantei) nadamos
muito no clube (nós nadamos) procuraste o homem que te seguiu ( tú ) 

Indeterminado é sempre em 3° pessoa
Andaram em lugares sombrios       Quem andaram não se sabe

Conversaram a noite toda.  quem conversou não se sabe
2014-05-01T21:09:26-03:00
É muito comum as pessoas confundirem sujeito oculto com sujeito indeterminado, mas são situações que, embora possam parecer a mesma coisa, em alguns casos, são situações bem diferentes. 
Sujeito oculto ocorre quando o sujeito não aparece na oração, mas podemos facilmente reconhecê-lo.
Ex.: Fiz minhas tarefas. (sujeito: EU)      Viajou ontem à noite. (sujeito ELE / ELA)        Dormiste até tarde. (sujeito: TU)
O sujeito oculto também recebe o nome de “elíptico”. Utilizamos para evitar repetições, quando o sujeito está expresso na primeira oração e oculto na segunda. 
Ex.: Eu cheguei em casa mais cedo e fui logo dormir. (sujeito EU, expresso na primeira oração e elíptico na segunda) “Eu” cheguei em casa mais cedo e “eu” fui logo dormir. 
Já o sujeito indeterminado ocorre quando não podemos identificar o sujeito na oração. Na língua portuguesa, existem três modos de se assinalar o sujeito indeterminado.
a) verbo na 3ª pessoa do plural, sem nenhuma referência a qualquer agente já referido nas orações anteriores. 
Ex.: Tocaram a campainha insistentemente.        Prenderam o bandido.
Obs.: os verbos encontram-se na terceira pessoa do plural (eles), portanto, indeterminados). 
b) verbo na terceira pessoa do singular, acompanhado do pronome “se” (neste caso, o “se” é índice de indeterminação do sujeito).
Ex.: Aluga-se quarto.       Ensina-se português. 
Obs.: os verbos encontram-se na terceira pessoa do singular (ele), acompanhado do índice de indeterminação do sujeito (se)).
c) verbo no infinitivo impessoal.
Ex.: É preciso votar nos candidatos honestos.       É difícil passar em matemática.