Respostas

A melhor resposta!
2014-05-04T23:06:18-03:00
“Inspirado numa história verdadeira, ‘Cartas para Deus’ é uma íntima, tocante e muitas vezes engraçada história sobre o efeito que a fé de uma criança pode ter na sua família, amigos e comunidade”, diz um dos promotores do filme. “Cartas para Deus” foi inspirado na vida de Tyler Doherty, com 8 anos de idade, e a sua luta corajosa contra o cancro no cérebro. O pequeno fala com Deus através de cartas que Lhe envia diariamente. As suas cartas, que são orações na realidade, chegam às mãos de um carteiro decepcionado que procura sentido na sua própria vida. Da boca dos meninos

Tyler é intrepretado pelo actor Tanner Maguire, de apenas 10 anos. A CBN News falou com ele sobre a relação da personagem com Deus.
“Tyler vê Deus como o seu melhor amigo”, disse Maguire. “Ele escreve estas cartas a Deus como um menino que envia mensagens de texto a um amigo.” Jeffrey Johnson, interpreta o carteiro, que assegura que as cartas tocaram o coração da sua personagem. “Fala-se da sabedoria que sai da boca das crianças e é mesmo, porque nunca se sabe de onde virão respostas. Quando vemos este carteiro chegar à igreja, ele apenas dá uma espreitadela mas depois, gradualmente, aproxima-se mais. Nota-se que não sabe o que busca; é ‘algo’ que o encontra a ele.” Patrick Doherty, o pai verdadeiro de Tyler, escreveu o roteiro do filme, após a morte do seu filho. Ele acredita que a coragem e a fé de Tyler vai transmitir esperança aos outros. “Não apenas a esperança para quem sofre de cancro, mas também para aqueles que ficam, que sabem que não é o fim. Há mais vida, há vida após a morte, temos a eternidade com Deus, quando colocamos a nossa fé em Jesus Cristo.” Embora o filme tivesse sido inspirado pela luta do seu filho contra o cancro, Doherty admite, que ao princípio “Cartas para Deus” era apenas um bom título para um filme: uma boa metáfora da vida de Tyler. Foi só depois da morte do seu filho, e um ano e meio depois de escrever o guião, que Doherty encontrou as verdadeiras cartas para Deus de Tyler. “Eu estava a revistar o seu quarto, e encontrei um cadernito e abriu-o. Comecei a ler as coisas que ele havia escrito. Algumas eram engraçadas sobre a sua irmã e assim por diante, que me fez rir … eu continuei a ler e vi uma página que dizia: “Querido Deus”, e isso impressionou-me … então chamei a minha esposa e mostrei-lhe. Vimos logo que havia mais uma outra página e então soube que ele realmente havia escrito a Deus “, explica Doherty. Doherty disse que não há palavras que descrevam a dor de se perder um filho, mas disse que é reconfortante saber que com este filme, Tyler vai alcançar muitas pessoas para Cristo. “É impressionante que 5 anos depois de morrer, ele está novamente a tocar mais vidas, e eu acho que o legado continuará, graças a ele”. Robyn Lively, interpreta Maddy, a mãe de Tyler. Ela diz que o papel lhe fez ter um novo respeito para com as famílias que lutam contra o cancro. “Eu creio que para aqueles que enfrentam dificuldades como esta, a única maneira de poderem superá-las é com Deus.” O filme teve a sua estreia nos EUA no passado dia 9 de Abril. Pode ver ao fundo o vídeo da notícia em espanhol.
Veja  a seguir excertos de Letters to God “Cartas para Deus”:
  fonte:  http://assembleia.org.br/site/cartas-para-deus/
2 5 2