A indústria automobilística representa um grande dínamo da
sociedade moderna, atraindo recursos humanos e pesados investimentos
para desenvolver tecnologias, conforme atesta o autor de Carros: o risco
na modernidade e a emergência das redes na indústria automobilística:
"A indústria americana, principal desenvolvedora da tecnologia
automobilística ou, pelo menos, sua principal consumidora, vê-se agora
diante de desafios enormes gerados pelas tecnologias que eles puserem em
movimento (p. 4,5)."

Uma destas tecnologias mais promissoras é o
carro elétrico. O problema é que as vendas dos veículos elétricos não
parecem tão animadoras quanto se previu inicialmente. Pelo menos parece
ser o caso da Renault-Nissan, lideradas pelo brasileiro Carlos Ghosn.
Observe a reportagem reproduzida a seguir:

CEO da Nissan e Renault aposta na venda de carros elétricosCarlos
Ghosn assegurou que as vendas de veículos elétricos continuam a
aumentar, apesar de um início mais lento do que o previsto.
As vendas globais de veículos elétricos não decolaram tão rapidamente quanto o esperado. O que te faz ter confiança?
Carlos
Ghosn: Tínhamos fixado 1,5 milhão de unidades vendidas no total, para a
Renault e Nissan até 2016, aumentamos este período até 2020. Nós todos
admitimos que o ritmo de crescimento das vendas é mais lento do que se
pensava anteriormente, mas os números continuam a subir. Passamos os
100.000 e chegamos a uma taxa de quase 60 mil por ano. Por parte da
Renault, o volume de vendas do modelo Zoe vai aumentar em 2014. Tudo
está relacionado ao desenvolvimento de infraestruturas, mas os
concorrentes começam a chegar, e esse é um sinal que nunca falha.
Fonte:
Disponível em:
<http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/ceo-da-nissan-e-renault-aposta-na-venda-de-carros-eletri....
Acesso em: 18 mar. 2014.

Analisando a situação do veículo
elétrico, desenvolva argumentos explicando o porquê das vendas não terem
acompanhado a expectativa inicial.



1

Respostas

2014-05-04T16:24:15-03:00
Nossa! acho que grande parte das pessoas não sabem disso
1 3 1
Acredito que o crescimento lento se da a falta de estrutura apoiando as vendas, no caso o pós-vendas, a maneira de se fazer regarga, a autonomia, etc. As pessoas com certeza pensam nisso duas vezes antes de adquirir carros do tipo elétrico. Onde darei carga no meu veiculo? Quem dara a manutenção? Qual será a desvalorização na hora da venda? Com esses fatores resolvidos, acredito que as vendas possam vir a ocorrer em ritmo.