Respostas

2014-05-05T20:15:20-03:00
Protozoários são os seres vivos mais abundantes em termos de quantidade de espécies e biomassa. São seres unicelulares, heterótrofos e com mobilidade especializada. Esta última serve de critério para sua taxonomia. A maioria deles é muito pequena, medindo de 0,01mm a 0,05mm aproximadamente, sendo que algumas exceções podem medir até 0,5 mm como, por exemplo, os foraminíferos. Sua forma de nutrição é muito diferenciada, pois podem ser predadores ou filtradores, herbívoros ou carnívoros, parasitas ou mutualistas, sendo que o principal consumo são bactérias
2014-05-05T20:19:37-03:00
Protozoários são os seres vivos mais abundantes em termos de quantidade de espécies e biomassa. São seres unicelulares, heterótrofos e com mobilidade especializada. Esta última serve de critério para sua taxonomia. A maioria deles é muito pequena, medindo de 0,01mm a 0,05mm aproximadamente, sendo que algumas exceções podem medir até 0,5 mm como, por exemplo, os foraminíferos. Sua forma de nutrição é muito diferenciada, pois podem ser predadores ou filtradores, herbívoros ou carnívoros, parasitas ou mutualistas, sendo que o principal consumo são bactérias. A digestão é intracelular, por meio de vacúolos digestivos, sendo que o alimento é engolfado ou entra na célula por meio de uma boca. A célula é muito especializada e cada organela tem uma função vital. O sistema locomotor é um dos mais especializados, com flagelos, cílios, membranas ondulantes, cirros ou pseudópodes. Há um sistema “hidrostático”, constituído de vacúolos pulsáteis que eliminam o excesso de água que entra na célula por osmose. O citoesqueleto também é especializado para manter a forma da célula, emissão de pseudópodes, locomoção, movimentação de vacúolos digestivos, entre outras funções necessárias. Pode haver exoesqueleto em algumas espécies. Estes organismos estão presentes em todos os ambientes por causa de seu tamanho reduzido e produção de cistos resistentes. Quanto à sistemática, podem ser divididos, a grosso modo, em quatro grupos distintos: flagelados, amebóides, formadores de esporos e ciliados. A forma de locomoção é a principal característica taxonômica para diferenciar espécies. São muito usados como indicadores de qualidade do ambiente, sendo que águas poluídas normalmente têm protozoários característicos em abundância. 

Classificação: 
Os protozoários podem ser agrupados conforme seu aparelho locomotor: 

Rhyzopoda: deslocam-se por pseudópode, rizópodes ou axópodes 
Flagellata: utilizam-se de flagelos 
Ciliophora: possuem cílios 
Sporozoa: desprovidos de aparelho locomotor. 
Doenças 
Muitos protozoários causam doenças nos seres humanos e animais vertebrados. O Trypanosoma cruzi, por exemplo, é um protozoário flagelado causador da doença de Chagas. Entre as outras doenças provocadas pelos animais desse mesmo reino estão a amebíase (pela Entamoeba histolytica), giardíase (pela Giardia lamblia), malária (pelo Plasmodium sp.), etc. 

Filos em que se dividem: 

Os protozoários se dividem em um grupo de sete filos, no total: 
Sarcomastigophora, Apicomplexa, Ciliophora, Labyrintomorpha, Mactospora, Ascetospora e Myxospora 


Espero poder ter ajudado