Respostas

2013-06-15T22:18:09-03:00

é o Ideal Romano De Educação
O ideal romano de educação decorre, principalmente, da concepção de direitos e deveres. O cidadão romano tinha os seguintes direitos:
O direito do pai sobre os filhos (pátria potestas), O direito do marido sobre a esposa (manus), O direito do senhor sobre os. escravos (potestas dominica),
O Direito de um homem livre sobre o outro que a lei lhe dava por contrato ou por condenação judiciária (manus capere);

 

A Humanitas – palavra era usada por Cícero para descrever a formação de um falante ideal (orador), que ele julgava que deveria ser educado para possuir um conjunto de virtudes do caráter apropriado para uma vida ativa de serviço público; estas incluem um fundo de aprendizagem adquirida com o estudo das litterae bonae ("boas letras", ou seja, a literatura clássica, especialmente a poesia), que também seria uma fonte de cultivo contínuo e prazer no lazer e aposentadoria, a juventude e a velhice, bem e mal, boa sorte.

            Humanitas: Significa uma Cultura Universalizada. Equivale à Paidéia, distingue-se dela por se tratar de uma cultura predominantemente humanística e, sobretudo cosmopolita e universal, buscando aquilo que caracteriza o homem, em todos os tempos e lugares. Concepção que não se restringe ao ideal de homem sábio, mas se estende à formação do homem virtuoso, como ser moralpolítico e literário.

           Degeneração do termo humanitas = acontece com o tempo e restringe-se ao estudo das letras e descuido das ciências.

5 4 5
2013-06-16T19:02:13-03:00

O Humanismo pode ser definido como um conjunto de ideais e princípios que valorizam as ações humanas e valores morais (respeito, justiça, honra, amor, liberdade, solidariedade, etc). Para os humanistas, os seres humanos são os responsáveis pela criação e desenvolvimento destes valores. Desta forma, o pensamento humanista entra em contradição com o pensamento religioso que afirma que Deus é o criador destes valores.

 

Urgimento e desenvolvimento 

 

O humanismo se desenvolveu e se manifestou em vários momentos da história e em vários campos do conhecimento e das artes. 

Humanismo na antiguidade clássica (Grécia e Roma): manifestou-se principalmente na filosofia e nas artes plásticas. As obras de arte, por exemplo, valorizavam muito o corpo humano e os sentimentos.

Humanismo no Renascimento: nos séculos XV e XVI, os escritores e artistas plásticos renascentistas resgataram os valores humanistas da cultura greco-romana. O antropocentrismo (homem é o centro de tudo) norteou o desenvolvimento intelectual e artístico desta fase.

Positivismo: desenvolveu-se na segunda metade do século XIX. Valorizava o pensamento científico, destacando-o como única forma de progresso. Teve em Auguste Comte seu principal idealizador.

1 5 1