Questão 1Segundo Goldfeld (1997) , qual a percepção do Oralismo quanto à surdez? Como uma deficiência a ser tratada através estimulação auditiva. A surdez é vista como uma diferença, porém é necessário ser tratada através da estimulação auditiva. A surdez é vista como uma diferença A surdez é vista com naturalidade sem a necessidade de ser tratada. A surdez não é uma deficiência.Questão 2Em relação à terminologia quanto à surdez e o indivíduo é adequado dizer: Aquela pessoa é deficiente auditiva Aquela é pessoa é surda e muda Aquela pessoa é muda Aquela pessoa é surda Aquela pessoa tem surdezQuestão 3Atualmente, a proposta educacional mais adotada nas escolas para surdos é o bilinguismo. Essa abordagem de ensino considera que:
O sujeito surdo deve buscar por meio do treinamento oral uma aproximação do modelo ideal ouvinte. A língua de sinais é uma língua artificial, inadequada para o contexto escolar. A língua de sinais pode ser utilizada apenas como auxílio na aprendizagem da língua alvo.
O sujeito surdo pode assumir-se enquanto surdo sem ter de se submeter aos padrões dos ouvintes. A comunidade surda deve adequar-se ao padrão social dos ouvintes para que se acabe o preconceito.Questão 4As pessoas surdas sofreram sérias restrições em relação à utilização de sua língua de sinais, principalmente no período denominado Império Oralista, que determinou o método de ensino para escolas de diversos países do mundo. Sobre esse período podemos afirmar que:
No Império Oralista, as aulas eram ministradas em Língua de Sinais.
A língua de sinais foi proibida nas escolas de surdos sob a justificativa de ser um empecilho ao ensino da língua oral. Iniciou-se no final do século XIX e tinha como ideal a Filosofia Bilíngüe.
O treinamento da fala era intenso e deu-se, exclusivamente em clínicas fonoaudiológicas, fora do espaço escolar. Os próprios surdos apoiaram o ensino oralista, pois sentiam-se limitados com sua língua de sinais.Questão 5Com base no Código de Ética do intérprete de Libras (FENEIS), diante de uma situação em que o intérprete precisa realizar a interpretação de um assunto polêmico como o aborto, por exemplo, a atitude mais adequada seria: Esclarecer o assunto aos surdos de modo a evitar que sejam influenciados negativamente pelo palestrante.
Evitar esse tipo de interpretação para não confundir os surdos.
Manter uma atitude imparcial durante o transcurso da interpretação, evitando interferências e opiniões próprias. Interpretar somente algumas informações, que estejam de acordo com sua crença pessoal. Ao invés de fazer a tradução do assunto, conversar com os surdos sobre o tema, independente da palestra, buscando suavizar o assunto.

1
questão 1 a resposta é a 2

Respostas

2014-05-06T22:50:59-03:00
Para a questão número 1 a resposta é a 2