Respostas

2014-05-08T20:56:22-03:00
A vida em Esparta era toda ligada à guerra. Só aceitavam como cidadãos os espartanos puros (filhos de mãe e pai/pai espartano), por isso a aversão ao estrangeiro (xenofobia) e os expulsavam.
Os meninos espartanos deixavam suas casas aos 7 anos e iam morar na rua para se acostumarem com a vida e, mais tarde, servirem ao exército. Quando completavam 18 anos eram levados ao vilarejo dos Hilotas (pobres) para provarem o que tinham aprendido, ou seja, matavam todos os Hilotas cruelmente.
Desde a monarquia Esparta foi governada por militares (Diarquia e depois pelos Eupatridas que eram ricos e também donos de terras).
Todos esses fatores se relacionam e se completam.
:)
6 3 6