Respostas

2014-05-09T15:52:59-03:00
1) Descartes, considerado um racionalista, é adotado também pelo empirismo (representado por Hume) e pelo criticismo transcendental (representado por Kant, que pretendeu suplantar tanto o racionalismo como o empirismo).

Apesar de a filosofia de René Descartes (1596-1650) se basear no que ele chama de "dúvida radical", Descartes não é considerado um cético: é, freqüentemente, conhecido como um racionalista. Vou procurar mostrar, porém, que sua filosofia, apesar de ser apresentada por ele como a resposta ao ceticismo, é, no essencial, fundamentalmente cética.

2) Descartes foi descartando e acabou descartando tudo, quando não havia mais nada para ser descartado, ele teve que acreditar em algo acima da capacidade humana de compreensão A filosofia cética é a descrença pura, só com provas.

3) A filosofia de Descartes projeta a luz e a sombra. A consciência humana, através do saber.

Fim