No modelo histórico-cultural de Vigostsky há dois níveis de desenvolvimento: o real e o potencial. O primeiro refere-se ao que o sujeito consegue fazer por si próprio e o segundo é o patamar de aprendizagem que o sujeito pode aprender. A distância entre o desenvolvimento real e o potencial, chama-se “Zona de Desenvolvimento Proximal” (ZDP). Essa zona refere-se ao espaço onde precisa acontecer a aprendizagem e, portanto, as intervenções de um sujeito mais experiente nessa zona irá potencializar a apropriação do conhecimento.

Uma criança tenta dar o laço nos cadarços do tênis, mas consegue apenas dar o nó e não sabe fazer o laço. Para que ocorra a aprendizagem, a criança deverá:

Dar o laço apenas quando atingir a maturidade e o desenvolvimento necessário a essa ação. Depende de desenvolvimento e naturalmente irá aprender como dar o laço nos cadarços. A partir do conhecimento prévio, ou seja, dar o nó no cadarço, um sujeito mais experiente poderá auxiliar na aprendizagem dos movimentos desconhecidos até que a criança atinja o conhecimento potencial. Ser estimulada e motivada pelos pais e educadores para descobrir o jeito certo de dar o laço.

1

Respostas

2014-05-12T17:52:22-03:00
A partir do conhecimento prévio, ou seja, dar o nó no cadarço, um sujeito mais experiente poderá auxiliar na aprendizagem dos movimentos desconhecidos até que a criança atinja o conhecimento potencial.
3 4 3