Na eternidade nada passa, tudo é presente, ao passo que o tempo nunca é todo presente. Esse tal verá que o passado é impelido pelo futuro e que todo o futuro está precedido de um passado, e todo passado e futuro são criados e dimanam d’Aquele que sempre é presente.Quem poderá prender o coração do homem, para que pare e veja como a eternidade imóvel determina o futuro e o passado, não sendo nem passado nem futuro? Considerando o texto agostiniano, avalie as afirmações a seguir.
I. A eternidade não é perpetuidade, a extensão indefinida do tempo entre o passado e o futuro.
II. A eternidade é impossível de ser pensada pelos homens, por serem limitados pelo tempo.
III. A eternidade é o que absolutamente não passa, não muda, permanecendo idêntica a si mesma.
IV. A eternidade é a medida do tempo, por ser este finito e limitado por aquela.
É correto apenas o que se afirma em:a) I e II.b) I e III.c) II e III.d) I e IV.e) II e IV.

1

Respostas

2014-05-13T16:46:24-03:00
Olha, eu li as afirmações várias vezes, e devagar para refletir, e eu acho (acho, por isso aviso, não quero te prejudicar) que é a alternativa .e).

1 5 1