Respostas

2014-05-13T16:34:21-03:00
Está Meio Grande A Resposta Porem Correta

Em meados do século XIX, quando o movimento operário começava a ganhar força, Karl Marx e Friedrich Engels anunciaram a chegada do fantasma do comunismo para assombrar as nações da Europa. Com isso, os dois pensadores e militantes do socialismo queriam dizer que, em pouco tempo, os trabalhadores organizados estariam varrendo do continente a sociedade burguesa e a ordem capitalista, implantando um mundo justo, solidário e fraterno. Sem ganâncias ou arrogâncias. O pesadelo da burguesia... O "fantasma" apareceu, de fato, na revolução bolchevique de 1917, na Rússia. Sobre os escombros do velho império czarista - irremediavelmente abalado durante a Primeira Guerra Mundial - os revolucionários russos fundaram a União Soviética e começaram a construir o primeiro Estado e a primeira sociedade comunista da história contemporânea. Aquele era um acontecimento intolerável para os governos dos países capitalistas. A vitória do socialismo na Rússia abria um precedente perigoso, que colocava em risco a ordem de exploradores e explorados, que eles se esforçavam por manter. Logo países como a Grã-Bretanha e os Estados Unidos declararam guerra ao novo Estado, enviando contingentes armados para tentar sufocar já no berço a revolução bolchevique. Não conseguiram e, precocemente, tornaram-se inimigos declarados dos soviéticos. 

Desde essa época, um permanente clima de hostilidade e desconfiança marcaria as relações entre norte-americanos e britânicos, de um lado, e soviéticos, de outro; parecia não haver um único ponto de concordância entre eles. Só uma situação muito excepcional poderia proporcionar algum tipo de aproximação entre adversários tão ferrenhos.