"Na era pré-antibiótica, a cura das doenças infecciosas dependia da competência do organismo humano em produzir uma resposta imune antes que os agentes infecciosos (bactérias¹,fungos²,protozoários³ e vírus4) alcançassem número letal. Com a introdução dos antibióticos capazes de eliminar in vivo os patógenos primários,infecções como tuberculose,febre tifoide, pneumonia pneumocóccica,meningoencefalites purulentas e endocardites bacterianas, que eram quase sempre letais, tiveram suas perpectivas de cura muitíssimo aumentadas. Surgiu a esperança da erradicação das doenças infecciosas de origem bacteriana. Esta veio a sucumbir, contudo, em face da competência genético-bioquímica das bactérias em desenvolver resistência aos antibióticos."

a)Os organismos indicados no texto pelos números 1 e 4 são classificados em grupos distintos. Em que diferem esse organismos quanto a sua estrutura?

2

Respostas

A melhor resposta!
2014-05-13T22:07:30-03:00
Os virus sao parasitas intracelulares obrigatorios, nao possuem metabolismo proprio. necessitam de um hospedeiro, possuem um envelope que os protege, podem ter reproducao litica ou lisogenica. ja as bacterias sao organismos vivos que tem como protecao parede celular, os antibioticos inibem e rompem essa protecao para matar as bacterias. podem ser tanto heterótrofos quanto autótrofos, reproducao sexuada (por meio de uma estrutura denominada pili) ou assexuada (binaria). ai estao as principais diferencas 
4 4 4
2014-05-13T22:48:18-03:00
BACTÉRIAS: São seres unicelulares, procarióticos e microscópicos, que podem viver em qualquer ambiente. 

PROTOZOÁRIOS: São protistas unicelulares e eucarióticos, que ocorrem como células isoladas ou em colônias de células, e apresentam dimensões predominantemente microscópicas (4µm a 350µm). 

FUNGOS: São organismos eucariontes, podendo ser unicelulares ou pluricelulares. Os fungos unicelulares são chamados de leveduras, apresentam forma oval e são maiores que as bactérias. São heterotróficos e apresentam reprodução assexuada ou sexuada.

Vírus (do latim virus, "veneno" ou "toxina") são pequenos agentes infecciosos (20-300 ηm de diâmetro) que apresentam genoma constituído de uma ou várias moléculas de ácido nucléico (DNA ou RNA), as quais possuem a forma de fita simples ou dupla. Os ácidos nucléicos dos vírus geralmente apresentam-se revestidos por um envoltório protéico formado por uma ou várias proteínas, o qual pode ainda ser revestido por um complexo envelope formado por uma bicamada
3 4 3