Respostas

2014-05-14T11:21:39-03:00
O sistema de capitanias hereditárias começou a vigorar em 1532, numa tentativa, por parte de D. João III, de colonizar as terras recém-conquistadas. O Brasil foi dividido em 15 faixas horizontais: Maranhão (duas faixas), Ceará, Rio Grande, Itamaracá, Pernambuco, Bahia, Ilhéus, Porto Seguro, Espírito Santo, São Tomé, São Vicente, Santo Amaro, São Vicente e Santana, sendo que cada uma foi doada a um donatário encarregado de explorá-la por conta própria. As duas capitanias mais bem-sucedidas foram as de São Vicente e Pernambuco. O donatário de São Vicente, Martim Afonso de Sousa, fez acordo com os índios, por intermédio de João Ramalho, um português que havia 20 anos vivia entre os nativos, e os primeiros engenhos de açúcar começaram a produzir. Duarte Coelho, donatário da capitania de Pernambuco, também obteve êxito ao entender-se com os tabajaras e os engenhos funcionaram em Pernambuco. Nas outras capitanias, por não haver entendimento nem aliança com os nativos, a tentativa de ocupação não deu certo e muitos portugueses foram cercados e donatários foram mortos. No final da década de 1540, ficou claro que a colonização não seria fácil, e o governo português resolveu mudar de método, instalando, em 1549, um governo-geral em Salvador.

2 5 2
A melhor resposta!
2014-05-14T11:23:15-03:00

A localização para a exportação do açúcar, pois estavam mais próximas da Europa

e a melhor adaptação da cana nestas regiões

5 4 5