Respostas

2014-05-15T20:07:41-03:00
Um dos principais pensadores Iluministas, foi justamente esse britânico Adam Smith. Ele escreveu um livro extremamente importante para a História da humanidade, que chama "A Riqueza das Nações". A primeira vantagem do Adam Smith é perceber que, toda riqueza é gerada através do trabalho. Mas, a importância real do Adam Smith, está numa proposta econômica que ele cria. Vamos entender:
Ele está escrevendo suas teorias num período de crítica ao Antigo Regime; Ao Antigo Regime caracterizado pelo Absolutismo, pelo Mercantilismo e pela sociedade dividida em estados, em estamentos. Então o Adam Smith, vai direto criticar um dos pilares do Antigo Regime, que é justamente o Mercantilismo. Vamos lembrar o conceito:
Mercantilismo era aquela interferência do estado na economia. O estado absolutista, o estado moderno, no caso representado pelo Rei, interferia de forma ativa na economia. E é aí que Adam Smith entra criticando essa ação econômica dos reis absolutistas. Vamos entender: 
Adam Smith, vai ser simplesmente contra o mercantilismo, porque ele vai defender a auto-regulação do mercado. Segundo ele, vai surgir a teoria da lei da oferta e da procura. A lei da oferta e da procura, é o seguinte: Se você tem uma oferta muito grande de produtos, e uma procura pequena, o preço desse produto fica muito barato. Então ele fica muito baixo, assim como o lucro das empresas que produziram esse produto, então chega uma hora que vai ser uma concorrência natural, e algumas empresas vão falir e o número de produtos vai diminuir. Aí a gente tem uma outra lógica, uma outra hipótese criada por Adam Smith:
Agora eu tenho uma oferta pequena de produtos e muita procura por esse produto. Ocorre o inverso, o preço do produto fica muito mais caro, chega uma hora que as indústrias vão perceber que está faltando esse produto e vão começar a produzir até chegar uma hora que ocorrerá um equilíbrio entre a oferta e a procura de produtos. Isso cria um preço justo. Adam Smith jamais cita essa regulamentação através do estado. O estado não interferiu nessa regulamentação dos preços. Então, o Adam Smith acaba nos ensinando que o estado não precisava interferir na economia, pra essa economia se auto-regulamentar. Então isso foi criado no séc. XVIII, essa lei da oferta e da procura, depois ela vai ser implementada muito no séc. XIX, ela vai causar alguns problemas como: 
O Imperialismo
Primeira Guerra Mundial
E também a Crise de 1929 com a quebra da bolsa de Nova York.

___________________________________________________________________

Espero ter ajudado! ;)

Beijos ;*