Além da imaginação

Tem gente passando fome.
E não é a fome que você imagina
entre uma refeição e outra.
Tem gente sentindo frio.
E não é o frio que você imagina
entre o chuveiro e a toalha.
Tem gente muito doente.
E não é a doença que você imagina
entre a receita e a aspirina.
Tem gente sem esperança.
E não é o desalento que você imagina
entre o pesadelo e o despertar.
Tem gente pelos cantos.
E não são os cantos que você imagina
entre o passeio e a casa.
Tem gente sem dinheiro.
E não é a falta que você imagina
entre o presente e a mesada.
Tem gente pedindo ajuda.
E não é aquela que você imagina
entre a escola e a novela.
Tem gente que existe e parece
imaginação.
(Ulisses Tavares).

1- O eu lírico retrata vários problemas sociais e faz constantes apelos a seu interlocutor.
a) Que impacto causam esses apelos?
b) O que ele pretende enfatizar?
c) Qual é o apelo mais impactante? Por quê?

2

Respostas

2014-05-15T20:54:06-03:00
(EU ACHO)
A) a desigualdade.
C) Que tem gente que existe e precisa de ajuda, que não é invisível.
6 4 6
2014-05-15T21:15:01-03:00
Acho que a B-) é : há muitas pessoas sofrendo .
6 3 6