Respostas

2014-05-18T20:54:56-03:00
Meegeren era dotado de incrível talento para falsificação de obras de arte, ganhou fama falsificando Vermeer.

O que se sabe, então, é que os quadros pintados por Meegeren não são autênticos porque a assinatura não corresponde à do autor -no caso, à assinatura de Meegeren- e não porque ele tenha copiado, com a máxima fidelidade, um quadro qualquer de autoria reconhecida de Vermeer. O caso é que os Vermeer que Meegeren diz ter pintado (Cristo e os Discípulos em Emaús, Mulher Surpreendida em Adultério e outros quatro) não estavam no catálogo das obras de Vermeer e passaram a fazer parte do catálogo tão logo foram reconhecidos por especialistas. Por causa da autoridade da crítica, um Vermeer descoberto, como qualquer obra que escapa ao catálogo de um artista, passa a ser autêntico.
15 3 15