Considerações sobre os casos de violência contra pessoa idosa

Entende-se por pessoa idosa, o indivíduo com 60 ou mais, seguindo os parâmetros demográficos nacionais e internacionais.
O fenômeno do envelhecimento encontra-se em expansão no cenário nacional e internacional, e a violência contra este público é problema universal, que se manifesta sem discriminação em diversas etnias, religiões, status socioeconômico e gênero.
Segundo a rede Internacional para a Prevenção dos Maus-Tratos contra a Pessoa Idosa, “o mau-trato ao idoso é um ato (único ou repetido) ou omissão que lhe cause dano ou aflição e que se produz em qualquer relação na qual exista expectativa de confiança”.
Considerado “sem utilidade, velho, caduco”, o idoso sofre abusos que vão desde descaso, omissão e/ou ação prejudicial do seu bem-estar bio-psico-físico. No entanto, o tema em tela é muito complexo para identificação, pois contém muitos aspectos vinculados, como o histórico da família, suas condições socioeconômicas, seus valores morais e culturais.
A violência doméstica contra o idoso na sua grande maioria é mantida em segredo pela família, sua investigação e notificação são praticamente inexistentes, fazendo parte da chamada “cifra negra”, todavia, é no seio da família que ocorrem todas as formas de maus-tratos contra o idoso.
FONTE: ALVES, AGFA. Segredos de família: considerações sobre os casos de violência contra a pessoa idosa. 2007.

Nesse sentido, avalie as seguintes formas de violência:
1. Abuso físico e violência física.
2. Abuso sexual.
3. Abuso psicológico.
4. Abandono.
5. Negligência.

Podemos destacar como forma de violência praticada contra a pessoa idosa no Brasil:

1.Todas as causas apresentadas
.2.As causas 1, 2, 3 e 5.
3.Nenhuma das causas apresentadas.
4.As causas 3, 4 e 5.
5.As causas 1, 2 e 4.

1

Respostas

2014-05-23T15:04:01-03:00
Resposta: Todas as causas apresentadas.
2 5 2