Respostas

2013-06-26T21:50:52-03:00

Classificação das dispersões
É feita de acordo com o tamanho médio das partículas
dispersas:
Nome da dispersão
Tamanho médio das
partículas dispersas
Soluções verdadeiras
Soluções coloidais
Suspensões
Entre 0 e 1nm (nanômetro)
Entre 1 e 1000nm
Acima de 1000nm

 

 

 

Principais Características dos Sistemas Dispersos
Lembramos que no Sistema Internacional de Unidades
(SI) o prefixo nano (n) significa 10–9. Assim:
1 nm (nanômetro) = 10–9 m (metro)
Esquematicamente temos então:
SOLUÇÕES VERDADEIRAS SOLUÇÕES COLOIDAIS SUSPENSÕES
Exemplos Açúcar na água Gelatina na água Terra suspensa em água
Natureza das
partículas
dispersas
Átomos, íons ou moléculas.
Aglomerados de átomos, íons ou
moléculas ou mesmo moléculas
gigantes ou íons gigantes.
Grandes aglomerados de
átomos, íons ou moléculas.
Tamanho médio
das partículas
De 0 a 1nm De 1 a 1000nm Acima de 1000nm
Visibilidade das
partículas
(homogeneidade
do sistema)
As partículas não são visíveis
com nenhum aparelho
(sistema homogêneo)
As partículas são visíveis ao
ultramicroscópio
(sistema heterogêneo)
As partículas são visíveis ao
microscópio comum
(sistema heterogêneo)
Sedimentação das
partículas
As partículas não se sedimentam
de nenhum modo.
As partículas sedimentam-se por
meio de ultracentrífugas.
Há sedimentação espontânea ou
por meio de centrífugas comuns.
Separação por
filtração
A separação não é possível por
nenhum tipo de filtro.
As partículas são separadas por
meio de ultrafiltros.
As partículas são separadas por
meio de filtros comuns (em
laboratório, com papel de filtro)
Comportamento
no campo elétrico
Quanto à solução é molecular,
ela não permite a passagem da
corrente elétrica.
Quando a solução é iônica, os
cátions vão para o pólo negativo,
e os ânions para o pólo positivo,
resultando uma reação química
denominada eletrólise.
As partículas de um determinado
colóide têm carga elétrica de
mesmo sinal: por isso todas elas
migram para o mesmo pólo
elétrico.
As partículas não se
movimentam pela ação do
campo elétrico.

3 4 3