Na chegada dos europeus ao Brasil, os indígenas eram aproximadamente 5 milhões. A ocupação europeia reduziu este número e chegaram à década de 1980 com pouco mais de 150 mil nativos. Hoje esta realidade mudou, porém gera controvérsias. A identificação como descendente de indígenas não tem um consenso entre o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e a Fundação Nacional do Índio. Isto se justifica por: ALTERNATIVAS Os nativos são considerados pelo IBGE somente aqueles que vivem em aldeias e não tem contato com os ocidentais, a civilização. Desta forma, o número reduz pela metade, chegando ao máximo em 400 mil nativos.A Funai defende o livre reconhecimento dos nativos e sua identidade cultural. Cada pessoa pode se identificar com sua origem étnica sem ter que comprovar com documentos de antecedência. A Funai só considera indígena aquele que vive em reserva. O IBGE considera que há liberdade de identificação e incorpora como indígena aquele que vive nos perímetros urbanos.Os nativos brasileiros são limitados apenas àqueles que não têm contato com o homem "branco", com a civilização.

1

Respostas

2014-05-27T21:47:27-03:00
Olha acho eu que está certa a letra"B"