É correto afirmar sobre o plano de curso:

Escolha uma:


a.
O plano de curso é a organização de informações pertinentes a instituição.


b.
Não é necessário a bibliografia para concluir a emissão deste plano de curso.


c.
Também chamado de plano de disciplina, pode ser também composto de duas partes:
informativa e pedagógica.


d.
Na parte informativa do plano de curso contém os seguintes dados: ementa,
objetivos gerais do curso, conteúdos entre outros dados.





1

Respostas

2014-05-28T17:32:51-03:00
 
Virou moda afirmar que é necessário descobrir novos paradigmas para a Educação. Até aí tudo bem. O contra-senso é que ao mesmo tempo que se afirma isso, se propõe métodos estagnados de planejar, quando não se copia de anos anteriores ou de outras escolas ou ainda de colegas vizinhos...
A escola deve assumir seu lugar vivo, dinâmico e, como centro de intelectualidade, ter como matéria prima a Criatividade, formando uma comunidade livre para pensar e agir. Talvez para que isso ocorra, tenhamos que nos despir da "carga" de conhecimentos que carregamos, como bem retrata a historinha abaixo:
Um mestre zen convidou um de seus discípulos para o chá da tarde em sua casa. Os dois conversaram um pouco e chegou a hora do chá. O mestre começou a servir o chá na xícara do discípulo. Mesmo depois que a xícara se encheu, ele continuou servindo. A xícara transbordou e o chá foi se derramando pelo chão. Vendo isso, o discípulo disse: "Mestre, o senhor precisa parar de servir. O chá está se derramando, não está indo para a xícara." O mestre respondeu: "Muito perspicaz de sua parte. O mesmo acontece com você. Se pretende receber os meus ensinamentos, precisa primeiro esvaziar sua xícara mental". 

Moral: Às vezes precisamos ser capazes de desaprender o que sabemos e que nos deixa cristalizados. Se tivermos a capacidade de esquecer temporariamente o que sabemos, nossa cabeça não ficará atravancada com respostas prontas e teremos a oportunidade de formular perguntas que saem do caminho usual para novas direções. 

Novas direções: Esse é o caminho que os professores deveriam tomar. Utilizar as técnicas de planejamento sim, naquilo que for eficaz para eles próprios e não para cumprimento de tarefas burocráticas. Um planejamento bem feito facilita muito a vida do professor ao longo do ano, além de ampliar as dimensões e abordagens do que será trabalhado, mas sem abrir mão de suas potencialidades criativas. Informação, conhecimento, esforço e ousadia, rumo a novas direções... Não é um bom caminho?