Respostas

2014-05-28T20:31:51-03:00
Platão (427 - 347), que por volta dos 20 anos de idade conhece Sócrates e torna-se seu discípulo. Unindo as duas pontas, de um lado o Naturalismo dos pré socráticos e de outro os estudos sobre o homem, de Sócrates, Platão desenvolveu a Filosofia Idealística, ou seja, foi o primeiro a afirmar que além desse mundo físico onde vivemos, existe um outro mundo invisível, o mundo das ideias, Segundo Platão, assim como Sócrates afirmava que todo conhecimento está dentro de nós, bastando trazê-lo à Realidade, existe um outro mundo, o mundo das Ideias, onde tudo que deve existir já existe, em estado de Perfeição, bastando tornar essas coisas reais. Veja por exemplo o que ele diz: "Um bloco de mármore, para o homem comum é um bloco de mármore. Para um pedreiro, é um monte de blocos de construção. Para um escultor é a estátua de um deus grego. Para o construtor de uma estrada pode ser um estorvo que precisa ser retirado do caminho. Portanto, dizia Platão, um bloco de mármore, assim como tudo que se possa imaginar, no seu Estado Atual é aquilo que enxergamos. No entanto, em seu Estado Potencial, pode ser qualquer coisa que queiramos. E assim desenvolveu uma ideia interessante que chamou Atualidade e Potencialidade. Segundo ele, a Realidade é a Matéria em seu Estado Atual, limitado àquilo que vemos. No entanto, essa mesma Matéria, em seu Estado Potencial é infinita, uma vez um artista não conseguiria tirar dela aquilo que já não estiver lá, dentro dela, seja a estátua de um deus, uma deusa, um atleta ou o que mais quiser".
8 4 8