Respostas

2013-03-06T23:33:08-03:00

Os fungos, também chamados de bolores, mofos ou cogumelos, estão interferindo constantemente nas nossas atividades diárias. Eles são tão importantes que hoje constituem um reino à parte, lado a lado com os reinos vegetal e animal. Fica difícil definir os fungos tal é a sua diversidade. No entanto, eles possuem algumas características em comum que os distinguem dos outros seres vivos. Em geral, eles apresentam filamentos, as chamadas hifas, com paredes rijas, ricas em quitina, o mesmo material que reveste insetos como besouros; têm características heterotróficas, isto é, não possuem clorofila e, portanto, necessitam de material orgânico para viver, sendo sua nutrição feita por absorção de nutrientes graças à presença de enzimas que são por eles produzidas e que degradam produtos como, por exemplo, celulose e amido. Por outro lado, os fungos são eucarióticos, isto é, possuem um núcleo típico no interior de suas células, comparável ao das plantas e animais. Reproduzem-se por via sexual ou assexual e assim possuem divisões celulares do tipo mitose e meiose, tendo sempre como produto final os esporos que são órgãos de reprodução, resistência e disseminação. Na verdade, o reino dos fungos é um dos mais numerosos. Estima-se que existam pelo menos um milhão e quinhentas mil espécies de fungos espalhadas pelo mundo. Isso é muito mais do que todas as espécies vegetais e animais somadas, excluindo-se os insetos. E por incrível que pareça, apenas cerca de 70.000 espécies de fungos foram até hoje descritas, ou seja, menos de 5% das possivelmente existentes. Se entre esses cinco por cento de espécies, já existem muitas de grande importância, como as que entram na fabricação de alimentos, incluindo bebidas, de ácidos orgânicos, de fármacos e inúmeros outros produtos, pode-se imaginar o que se espera com a descoberta de novas espécies com distintas propriedades potencialmente de valor biotecnológico.

2 5 2
2013-03-06T23:37:19-03:00

O que é fungos? RESPOSTA : Os fungos, participantes do Reino Funji são organismos com células eucariontes mais simples, além de serem heterotróficos alimentação que é feita através de nutrientes, e são classificados em unicelulares e multicelulares, sendo constituídos por filamentos chamados de hifas. Desta forma, existem várias espécies e algumas destas têm a capacidade de causar doenças tanto no Reino Animal quanto no Reino Vegetal, ou seja, em animais e seres humanos, e vegetais, respectivamente. Os fungos são facilmente encontrados no solo, em plantas, nos alimentos, na água e em objetos, sendo que pode se fazer presente na pele humana, sobretudo, nas partes íntimas femininas e masculinas. Os fungos chamados de dermatófitos é o mais comum entre os seres humanos, os quais são responsáveis pela dermatose, doenças causadas na pele que tem como principal agente os fungos.

DOENÇAS PROVOCADAS POR FUNGOS : 

Como dito acima, alguns doenças graves aos seres humanos são causadas por fungos e várias delas são fatais quando não tratadas, e dentre estas se encontram as aspergiloses, coccidioidomicose, candidíases, criptococose, micetomas, histoplasmose e paracoccidioidomicose. Além disso, as pessoas que sofrem com imunodeficiência são mais suscetíveis a doenças causadas por fungos, principalmente que tem como agente responsável o Candida, o Aspergillus, o Cryptococcus, o Pneumocystis e o Histoplasma. Há também fungos que tem a capacidade de atacar unhas, olhos, cabelo e especialmente a pele, os quais são denominados de dermatófitos e queratinófitos, onde sua ação resulta em infecções na região como pé-de-atleta e dermatofitose. E ainda, os esporos dos fungos são uma das enfermidades alérgicas, e os fungos de distintos grupos têm reações causadas reações alérgicas.