Ajuda gratuita
com as lições de casa!

80% das perguntas são respondidas dentro de 10 minutos

Fazer pergunta

Faça download no celular

Android iOS

Tarefa

Seguir

Respostas

A regularização das vazões no baixo Rio São Francisco é atribuída às barragens construídas ao longo do seu curso. Neste artigo é avaliada a magnitude das alterações no regime de vazões do rio, provocadas pela construção do reservatório de Sobradinho utilizando-se curvas de permanência de cotas e vazões como ferramenta de análise. O trecho estudado tem extensão de 197 km, desde a estação de Piranhas,AL, até a foz do rio no Oceano Atlântico. Foram utilizadas séries históricas de cotas e vazões de quatro estações fluviométricas que tiveram suas curvas-chave corrigidas com referência de nível IBGE. A construção de sobradinho causou uma redução percentual média de 6 a 12% nas cotas maiores (C5) e uma elevação de 20 a 32% nas cotas menores (C95). Houve redução de 9% na vazão máxima (Q5) e aumento de 27% na vazão mínima (Q95). As vazões Q5 e Q95 foram de 5.652 e de 1.231 m3 s-1 na estação de Pão de Açúcar para o período após Sobradinho. Os resultados mostram que a regularização do regime de vazões após a construção de Sobradinho minimizou os efeitos das grandes cheias nas regiões à jusante mas também vêm afetando negativamente atividades tradicionais das populações ribeirinhas, como a pesca, navegação e agricultura.
Foto de perfil do usuário mathelino Mathelino 08.07.2013 Obrigado (0)
Denunciar!

Adicionar comentário

Escrever comentário

Você não encontrou o que estava à procura?

Fazer pergunta