Respostas

2014-06-11T01:15:02-03:00
Elemento gramatical: entender pelo significado das palavras o que a lei expressa. 
Elemento lógico: interpretar por meio do pensamento lógico e racional, pela coerência
do texto.
Elemento sistemático: valoriza o Ordenamento jurídico como seu guia.
Elemento histórico: consiste em analisar os fatos, baseando-se no contexto histórico/época.
Elemento teológico: explica a lei em função de suas finalidades, que mudam com a evolução da sociedade.
2014-06-11T05:03:18-03:00
A interpretação sistemática, por sua vez, analisa normas jurídicas entre si. Pressupondo que o ordenamento é um todo unitário, sem incompatibilidades, permite escolher o significado da norma que seja coerente com o conjunto. Devem ser evitadas as contradições com normas superiores e com os princípios gerais do direito.Sim. A interpretação gramatical permite desvendar o significado da norma, enfrentando dificuldades lexicais e de relações entre as palavras. Podem surgir questões quanto ao sentido dicionarizado de uma palavra ou quanto a relações entre substantivos e adjectivos ou, ainda, no uso de pronomes relativos.
A interpretação lógica permite resolver contradições entre termos numa norma jurídica, chegando-se a um significado coerente. Adoptando-se o princípio da identidade, por exemplo, não se admite o uso de um termo com significados diferentes.