Por que os brancos escravizaram os indígenas e os negros???

1
pq os brancos queriam alguém para trabalhar pra eles. Eles não eram bestas... claro q iam escravizar os índios... pq eram os nativos "matutos" e "ingênuos" que não viam maldade nas coisas, e trocavam trabalho por objetos triviais e os negros, já era outra colônia... um povo pobre e fraco que os portugueses, certamente já estavam escravizando a muito tempo e, provavelmente, eles eram como os índios ^^ ... espero ter ajudado

Respostas

A melhor resposta!
2014-06-12T12:12:37-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Estimada,

Os índios e negros foram escravizados e tratados enquanto inferiores em razão de haverem sido derrotados pelos europeus. Além disso, os europeus utilizaram os escravos, de maneira, em parte, semelhante à Roma e à Grécia clássicas como um meio de tornar lucrativo o processo de invadir / colonizar o continente americano.

Além disso, a população europeia era muito pequena para colonizar uma área de terra tão grande quando o continente americano, bem como poucos desejavam vir para essas terras arriscar suas vidas. Desse modo, a escravização de índios e negros foi extremamente importante para que houvesse a colonização do continente americano.

Dentre os motivos que possibilitaram essa escravização, tanto dos indígenas quanto dos africanos, estão:

1) Eles disseminaram, sem querer, doenças que mataram milhões de indígenas, haja vista que nunca essas epidemias haviam chegado antes à América. Nesse sentido, os indígenas não apresentavam imunidade, morrendo em razão da gripe, da varíola, do sarampo, da tuberculose, dentre outras doenças infecto-contagiosas. Desse modo, você podia pertencer a uma tribo com duas mil pessoas e, pouco depois da chegada de uma dessas doenças, ser o único que sobrou;

2) Nesse sentido, o grande número de mortos (mais de 90% da população nativa) resultou em uma desestruturação de muitas sociedades indígenas e a conversão em massa em busca de salvação contra as epidemias e, em parte, por isso, até hoje, a maioria da população que habita a América é cristã. Eles viam os brancos sobrevivendo às doenças enquanto o número de mortos indígenas eram enormes. Passaram a acreditar que isso se devia ao Deus dos europeus ser mais forte que os deles, de maneira que se converteram, facilitando a dominação portuguesa;

3) Os indígenas e muitos africanos viviam como na época neolítica, não apresentando armas de metais, como o aço. Desse modo, as feridas deixadas por espadas os impressionavam, ao mesmo tempo que dificultavam a reação frente àquela nova arma. Com isso, as espadas podiam matar um grande número de índios. Além disso, o uso de armas de fogo assustavam os indígenas, que desconheciam esse instrumento, dificultando o desenvolvimento de meios para combater de modo mais eficaz;

4) Os europeus utilizaram a técnica de dividir para conquistar. Certas tribos se aliaram aos portugueses e outros europeus, como os tupiniquins, fornecendo conhecimentos e dicas importantes para a escravização das tribos que eram inimigas desses povos, como os tupinambás. Os mestiços de portugueses com as índias foram elementos importantes nesse processo de capturar e aprisionar outras tribos para utilizar esses como escravos nas plantações;

5) Os europeus possuíam plantas e animais altamente produtivos, servindo, ainda, como força de trabalho e no transporte, como o boi, o cavalo, e caprinos, o que permitia alimentar uma maior população que o modo de vida tradicional dos indígenas, tornando as vilas e cidades cada vez maiores devido ao crescimento populacional, facilitando a luta contra os povo indígenas que buscassem se defender ou atacar as cidades;

6) Devido aos portugueses terem a escrita, conhecimentos das batalhas contra os mouros, na guerra da reconquista, dentre outras situações, eram acumulados ao longo das gerações, possibilitando que os europeus conhecessem estratégias mais efetivas nas lutas e conflitos com os indígenas. Essa "malícia" era utilizada, por exemplo, por bandeirantes que colocando álcool em uma bacia, afirmava que era água e, colocando fogo, dizia aos índios que, se não contrariassem a vontade do bandeirante, ele colocaria fogo na água do rio, acabando com o banho e com a pesca, elementos importantes para muitas tribos.

Sugiro, para complementar seu aprendizado desse assunto, que veja no you..tube os vídeos " Armas germes e Aço - Conquista ", "Brasil-colônia: Gente colonial, adaptação, catequização", " Enterrem Meu Coração na Curva do Rio - Filme Completo ", " A História do Mundo em Duas Horas "  e " Construindo um Império - Os Astecas  ".

Bons estudos!
2 5 2