O processo de centralização do poder iniciado ainda no século XI, com a formação das monarquias nacionais, desembocou, na Idade Moderna, na constituição de monarquias de caráter absolutistas. Nessa forma de organização política, o rei detinha a totalidade do poder, confundindo-se com o próprio Estado.Tendo em vista a relação do rei com a sociedade, a função do monarca era:
a. promover a conciliação religiosa entre as diversas facções, como fez Henrique VIII (1509-1547), na Inglaterra.
b. valer-se da teoria do Direito Divino, de Bossuet (1627-1704), tornando-se um ser sagrado, semelhante a Deus.
c. confiar na bondade humana, único caminho para se chegar ao bem-estar coletivo, em consonância com o pensamento de Hobbes (1588-1679).
d. buscar o bem geral, que está acima dos interesses individuais, como afirma Maquiavel (1469-1527).

2

Respostas

2014-06-18T22:16:42-03:00
Certamente letra b)
Uma vez que na época era exatamente isso que acontecia, o monarca valendo-se dessa tese gozava de privilégios como exemplo de ser um deus, algo sagrado e inquestionável.
1 1 1
2014-06-18T22:23:02-03:00
Olá. Acredito que seja isso
a, Falsa: O rei governava como um eleito por Deus, não sendo necessário conciliar religiões, pois normalmente era imposta uma única pelo Rei
b. Falsa Segundo a teoria do Direito Divino, o rei governava  por vontade de Deus, mas não como semelhante a Deus
c. Sabemos de os Reis não confiavam na bondade humana, e muito menos Hobbes, sendo uma frase análoga a seu pensamento:"O homem é lobo do próprio homem".
d. Verdadeira

Qualquer coisa me mande mensagem para discutirmos
2 5 2