Pesquisas realizadas pelo grupo da
cientista Felisa Wolfe-Simon (NASA) levantaram a suspeita de que
bactérias poderiam substituir o fósforo (P) por arsênio (As). Os
experimentos mostraram que esses micro-organismos conseguem sobreviver
em ambientes com alta concentração de arsênio, mas não foi encontrada
nenhuma bactéria “extraterrestre” que, de fato, pudesse fazer tal
substituição. Essa hipótese pode ser plausível, pois As e P pertencem à
mesma família da tabela periódica (observar figura abaixo) e
compartilham propriedades físico-químicas semelhantes.
Quillfeld, J.A. Controvérsias em torno das bactérias arsênicas. Scientific American Brasil. Ano 9, n. 105, 2011. p. 64 - 69.

A partir das informações apresentadas no enunciado e com base nos seus conhecimentos, é correto afirmar que:


Dados:
, , 15P, 33As, 7N

A)
O elemento químico fósforo apresenta três elétrons na camada de valência e possui configuração eletrônica 1s2 2S2 2p6 3s2 3p3.
B) Segundo a Teoria do Octeto, os elementos do grupo 15 precisam perder três elétrons para alcançar a estabilidade.
C) O átomo de arsênio forma ligações químicas mais longas do que o fósforo, por apresentar maior raio atômico.
D)Fósforo e arsênio pertencem ao grupo dos calcogênios.
E)Entre os elementos do grupo 15, o menos eletronegativo é o átomo de nitrogênio, visto que apresenta o menor raio atômico.

Obrigada!!

1

Respostas

2014-06-21T11:33:42-03:00
Letra C, pois como arsênio está mais abaixo na tabela periódica que os outros átomos citados ele possui maior raio atômico.
3 5 3