Respostas

2014-06-22T00:40:20-03:00
Olá Reescaleb

Tendo preocupação em relação ao atraso tanto econômico quanto tecnológico da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) Gorbatchev introduziu dois planos de governo, denominados glansnost e perestroika.

A perestroika era um plano deveras ambicioso, propunha o restabelecimento de até então extintos mecanismos presentes no mercado além da denominada renovação aos direitos à propriedade privada que visava, obviamente, o desenvolvimento econômico. Isso não tira do estado o poder de centralização, mas permite a aparição de empresas privadas em alguns setores secundários da economia.

 A glasnost visava a transparência política, voltada ao fim da perseguição a dissidentes políticos e a extinção da burocracia, além de ter a base de mudar a mentalidade social. A liberação de espaço no rádio e na TV são também marcas da glasnost.

Essa abertura de espaço apenas abriu brechas as críticas crescentes, fazendo surgir movimentos com os quais Gorbatchev não conseguiria lutar.
A tentativa de novos governos e golpes fracassados foram o último suspiro da URSS e a CEI (Comunidade dos Estados Independentes) pode ser considerada a adaga do golpe de misericórdia.
Após isso as tensões aos estados que almejavam a independência era insustentável. O partido comunista surgido dos braços dos operários, cunhado na obra de Marx e Engels e forjado na luta de Lênin via suas ruínas.

Deixo que não sou de esquerda, e de forma alguma doutrinarei alguém, apenas acho que um "império" tão forte merece certa gratificação, mesmo sabendo-se das atrocidades e injúrias cometidas em sua história.

Espero ter ajudado, bons estudos!!!!!!!!!!!!!!
1 5 1